TEREZ ZANETTI STUDIO HAIR

domingo, 16 de agosto de 2009

GRIPE SUÍNA - COMO PREVENIR

Gripe A - o que é?

Influenza A ou Gripe A é uma doença respiratória, aguda (gripe), causada pelo vírus A (H1N1). Este novo subtipo do vírus da influenza é transmitido de pessoa a pessoa, principalmente, por meio da tosse ou espirro e de contato com secreções respiratórias de indivíduos infectados.

Sintomas da gripe A:

Febre alta de maneira repentina (maior que 38ºC);

Tosse;

Dor de cabeça;

Dores musculares e nas articulações;

Falta de apetite;

Também pode aparecer:

Coriza;

Garganta seca;

Náusea;

Vômito;

Diarréia.

Fique ligado se...

Apresentar esses sintomas até 10 dias após retornar de países em que se confirmaram casos da Gripe A (H1N1);

Se tiver tido contato próximo, nos últimos dez dias, com pessoa classificada como caso suspeito de infecção humana por esse novo subtipo de gripe.

Contato próximo: indivíduo que cuida, convive ou teve contato direto com secreções respiratórias ou fluidos corporais de um caso confirmado.

AS FASES DA EPIDEMIA

Fase 6 – A epidemia atinge o pico mais alto, tornando-se Global como contágio sendo generalizado;

Fase 5 – A epidemia se espalha, pois a doença atinge pelo menos duas regiões diferentes;

Fase 4 – A doença se espalha, pois o vírus passa a ser transmitido entre humanos;

Fase 3 – Há transmissão somente de animais para humanos, mas não entre humanos;

Fase 2 – O vírus sofre mutação e é transmitido dos animais para os humanos;

Fase 1 –O vírus circula somente entre animais.


PREVINA-SE COM HÁBITOS SIMPLES:

Cobrir nariz e boca com um lenço quando tossir ou espirrar. Preferencialmente com lenço descartável;

Jogar o lenço no lixo após o uso;

Lavar as mãos constantemente com água e sabão, especialmente depois de tossir ou espirrar;

Usar produtos à base de álcool para limpar as mãos, se estiver longe de uma torneira;

Evitar tocar olhos, nariz ou boca. Os germes se espalham desse modo;

Evitar contato próximo com pessoas doentes;

Não se automedicar, nem procurar “receitas” na Internet. A automedicação pode mascarar sintomas, retardar o diagnóstico e até causar resistência ao vírus, além de trazer sérios riscos à saúde;

Manter uma alimentação saudável e se hidratar com freqüência. Beba pelo menos 2 litros de água por dia;

Se aparecer sintomas da doença como tosse, febre alta, moleza no corpo, procure imediatamente um posto médico.

Encontre maiores informações no site www.saude.gov.br.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial