TEREZ ZANETTI STUDIO HAIR

domingo, 16 de agosto de 2009

UNHAS DE ACRYGEL E GEL - SERVIÇO CANCELADO

Após pesquisar na internet, colher informações com alguns dermatologistas e notar que muitas pessoas, estão tendo sérios problemas com o uso dessa técnica de alongamento nas unhas, resolvemos cancelar o serviço de unhas em Acrygel (Nova York) e Gel, em nosso salão. Estamos aguardando uma resposta da ANVISA, sobre esse procedimento. Não brincamos com a saúde de nossas clientes, procuramos ter conhecimento sobre os componentes utilizados nos produtos, e principalmente respeitar as normas de segurança determinadas pela ANVISA, sendo assim a Administração deste estabelecimento, resolve pelo cancelando do serviço até um pronunciamento oficial da ANVISA.

Notem algumas irregularidades que constatamos junto a dermatologistas.

Unhas postiças e risco de câncer de pele:

As unhas artificiais vêm a cada dia se tornando mais populares. O seu uso é tanto para o aumento cosmético, como para proteção no caso de pessoas que tem o hábito de roer as unhas. O problema é que para a aplicação de algumas destas unhas artificiais (como a de acrygel e de fibra de seda) utiliza-se um equipamento que emite radiação ultravioleta (UV). A composição da luz UV deste aparelho é (95% UVA e 5% UVB) assim como a quantidade de radiação recebida por metro quadrado. Os fabricantes destas câmaras de emissão de luz UV para as unhas alegam que as lâmpadas servem para limpar as unhas, matar bactérias residuais e torná-las mais saudáveis. Os salões utilizam estas câmaras para a aplicação de unhas postiças, secagem de polimentos e sobre películas “protetoras”. Se as câmaras de bronzeamento são consideradas fatores de risco, para o surgimento de câncer de pele, por analogia de raciocínio os procedimentos de unha que necessitam de exposição UV também, devem ser considerados de risco para o surgimento de câncer de pele. Para colaborar com esta afirmação, foi publicado em conceituada revista de dermatologia “Archives of Dermatology” em julho de 2009, relato de casos de câncer de pele nas mãos de pessoas que se expunham à câmara UV para as unhas.

Fonte: Francesconi Dermatologia.

Alguns líquidos pesquisados na fórmula desses produtos, para unhas Acrygel e Gel, contém (essa fórmula nunca está a disposição dos usuários) um componente chamado de Toluol. Veja abaixo quem é esse componente:

"Toluol é sinônimo de tolueno, que é um solvente orgânico e "facilmente inflamável”. Irritante para a pele. Nocivo: risco de efeitos graves para a saúde em caso de exposição prolongada por inalação. Possíveis riscos durante a gravidez com efeitos adversos no feto. Pode causar danos nos pulmões se ingerido. Pode provocar sonolência e vertigens por inalação dos vapores."

Outras observações retiradas em sites dermatológicos.

A maior parte dos produtos de higiene e cuidados corporais, não deixam claro o real perigo significativo, mas há algumas categorias de produtos para as quais se devem ter atenção na sua utilização. Contudo, há certos produtos com os quais deve ter atenção especial:

Os aerossóis (lacas, desodorizantes, etc. …): manter a distância do calor e do fogo, e não aplicá-lo quando estiver fumando porque poderão incendiar;
Os sprays para o cabelo e os cosméticos em pó, podem igualmente ser perigosos para os pulmões no caso de inalação repetida;
As unhas artificiais são uma outra causa possível de problemas. Se não forem colocadas perfeitamente e não forem seladas, as fissuras podem favorecer as infecções. E se esta infecção progredir poderá vir a perder a unha permanentemente.

“Procure deixar as unhas sem esmalte pelo menos uma noite por semana, para evitar o ressecamento”, explica Ana Beatriz. Não deixe de usar seus próprios instrumentos de manicure quando for fazer as unhas, evitando micoses, alergias e a transmissão de doenças.

O uso de unhas postiças acrílicas, como as de porcelana, gel e acrygel, podem provocar a chamada dermatite de contato alérgica, após dois a quatro meses da aplicação, o que causa fissuras na unha verdadeira, que se torna mais fina e frágil. Já as unhas artificiais de plástico, se usadas por mais de dois meses, podem provocar a onicólise - separação do corpo da unha da base e também há possibilidade de ocorrer dermatite de contato.

Os produtos de limpeza também podem causar a dermatite de contato, quando algum dos componentes provoca uma agressão, levando ao aparecimento de lesões eritematosas e pruriginosas. É importante protegê-las com luvas ao manipular produtos de limpeza ou substâncias irritantes.

“O uso de unhas artificiais, no entanto, pode oferecer maior risco. Estudos demonstram que elas facilitam a proliferação de microorganismos. Portanto, melhor evitar ou usar por pequenos períodos que devem ser de no máximo de 2 meses.”

São indicados alguns cuidados para evitar as dermatites, principalmente no sentido de manter as unhas secas, higienizadas e evitar traumatismos. Neste ponto, deve-se estar atento ao manuseio (com alicates, lixas, etc) realizado pela manicure, visando minimizar o trauma. Ao menor sinal de alteração na região, é essencial procurar um profissional habilitado e tratar o problema de forma adequada. Para manter as unhas saudáveis, é importante usar luvas (no caso de manuseio freqüente com água e/ou detergente) e cremes hidratantes, e sempre que possível evitar o trauma das descamações (“tirar” as camadas superficiais); e de vários tipos de unhas artificiais existentes. Entre a unha natural e a unha artificial ficará um espaço, o qual se torna forte campo de umidade e conseqüentemente proliferação de fungos”.

Juntamos tudo isso com algumas consultas a dermatologistas e resolvemos cancelar o serviço de Unhas Acrygel (Nova Iorque),Gel e Porcelana. Além desses depoimentos acima é simples você perceber o grau do problema. Todos cosméticos e afins devem ter autorização da ANVISA, notamos que muitos frascos que pesquisamos não traz o registro da ANVISA.

Enviamos todo esse material para a ANVISA, e estamos aguardando uma resposta. Assim que houver uma resposta colocaremos a mesma na integra aqui no Blog.

6 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

so' podia ser Brasil esta tecnica esta A MILHOES DE ANOS na EUROPA e EUA e NUNCA foi problemas com a saude aqui no Brasil o problema q vi foram tecnicas que nao sabiam fazer ou com "cursinhos" de 1 dia .... isso sim faz mal a saudeQ!

13 de julho de 2010 14:55  
Anonymous Anônimo disse...

depois de alguns meses de aplicar o gel nas unhas das mãos e sentir fortes dores nas unhas quando submetidas à câmara de luz, surgiu em três unhas manchas escuras esverdeadas. Estou esperando para ver o que será isto ou devo consultar dermatologista

16 de agosto de 2010 11:06  
Anonymous Rosária Correia disse...

Mas o povo brasileiro exagera... Leiam os artigos minuciosiamente, não falem só por nao ter mais do que fazer, argumentar sem falar é grave e trás consequencias!
Qualquer profissional a SERIO, pede a composição quimica e testa os seus produtos antes de qualquer serviço nas clientes.
Faz mal a saúde é falar mal dos outros destilando veneno, comprar produtos sem revisao do infarmed e ter cursos de 6h... tenho dito!!

24 de novembro de 2011 09:12  
Blogger Jussara Roque disse...

Telueno foi usado no mundo inclusive no brasil desde a pré historia nos nossos esmaltes.Unha de gel na europa e america existe a milhares de anos.... O problema da unha DE GEL no BRASIL, É QUE QUALQUER individuo se auto titula manicure e começa a realizar o procedimento,na Europa ninguem aplica esta unha sem antes passar por um curso intensivo, curso este que é oferecido por escolas credenciadas ao governo, e nao por empresas que dao o curso e em seguida faz a venda do produto.
O que as pessoas tem que entender é que este procedimento é exclusivo de um profissional TREINADO. unhas verdes, reaçoes alergicas nao tem nada haver com a unha de gel e sim com a manicure incompente e materiais de pessima qualidade.
outra coisa , quando nao se sabe ou qdo nao se encontra um bom profissional p realizar o procedimento fica muito mais facil sair falando mal... por um lado é ruim, mais por outro é otimo porque quem é competente fica cada vez mais valorizado no mercado.

12 de abril de 2013 06:57  
Anonymous Gard disse...

Lamentável que o instituto acima referido tenha tido problemas com as unhas artificiais. Fui técnica por oito anos de duas linhas diferentes e afirmo, o cuidado deve ser extremo, mas não adianta realmente colocar a culpa somente nos produtos. Como qualquer material químico que se preze, deve-se fazer teste de alergia antes, e o profissional deve estar apto a aplicar e remover as unhas de forma correta, já que muitos dos problemas acorrem não durante a aplicação, mas durante a remoção das mesmas. Referente a fungos, posso afirmar que isso se deve-se dois fatores, ou produto de péssima qualidade, ou inaptidão do profissional na hora de aplicar.
Nos EUA e Europa temos linhas de produto fabulosas como a NSI e Ez Flow, marcas de qualidade incontestável. Procurando-se o produto adequado a preparando profissionais capacitados, com longo e exaustivo treinamento, pode-se usar unhas artificiais por longos períodos sem problemas. Quanto à cabine de Ultravioleta, a pessoa deve ser exposta à períodos muito longos para se ter incidência de câncer nas mãos por exposição aos raios UVA e UVB emitidos pelas máquinas. Perguntem se doze minutos de exposição a cada vinte dias é suficiente para um diagnóstico dessa magnitude, já que aplica-se o gel sobre a unha, coloca-se em cabine por dois minutos,e após a secagem ,retira-se o excesso de gel e repete-se o processo. Teremos duas capas de gel e mais uma de gel finalizador, totalizando seis minutos de exposição direta. As pessoas toman sol muitas vezes mais durante o dia, é só fazer a conta. Ah, eu acrescentei mais seis minutos de exposição porque os polegares são feitos após os demais, reincidindo os raios tres vezes mais sobre o mesmo local.

27 de maio de 2013 21:04  
Anonymous Anônimo disse...

até hoje abril/2015.. anvisa não lhe deu satisfação, então... sejamos coerente..ou a anvisa não gostou muito de sua reclamação

14 de abril de 2015 16:35  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial